29 de mai de 2015

Sobre valores, livros e roupas de marca

Estamos sentados os dois, esperando o pessoal sentar e pegar os livros.

- Professora, você gosta de ler?

- Muito, muito mesmo. E você?

- Mais ou menos - ele torce o nariz e continua - Livro é caro, né?

- No Brasil, sim, por 'n' motivos, mas tem umas possibilidades pra se comprar livros mais em conta.

- Ah. E qual foi o livro mais caro que você comprou?

Parei para pensar.

- Hum... Semana passada, gastei R$ 40 num livro e não me arrependo. O livro é excelente!

- Tudo isso você pagou, professora?

- É, ué?

Olhei para suas roupas. Sei que são de marca e sei que são originais.

- Desculpa a minha curiosidade, mas quando você pagou nessa sua camiseta da Hollister?

- R$ 120.

- Ah.

14 de mai de 2015

Dos incêndios que nem todo mundo vê

Não precisa ter super-visão ou super-percepção. Está tudo ali, bem debaixo do nosso nariz. Eu e mais meia dúzia de pessoas, enquanto a multidão aplaude calorosamente.

Muito, muito me espanta mesmo que gente tão estudada e tão experiente não veja o que eu e a meia dúzia estejamos vendo. Nós que somos iniciantes, que apenas começamos. Mas vemos. Ouvimos. Batemos o pé - às vezes de paquiderme, às vezes de bailarina. Mas batemos o pé.

E todos aplaudem o circo pegar fogo (é a platéia que aplaude, de dentro do circo). Nosso pequeno grupo, com suas mangueiras de jardim, com aquilo que temos, lançamos mão de toda água que temos. E os bombeiros chegam com suas grandes mangueiras de diesel e gasolina, para alegria da plateia, alimentando ainda mais o fogo.

Sem dúvida, um belo espetáculo.

4 de mai de 2015

Sobre primeiras impressões (e como podem ser na mosca!)

Não sei se a questão aqui é envelhecer. Talvez seja apenas algum calejamento. Ou talvez seja apenas uma coisa de bater o olho na pessoa e lê-la bem. E não gostar. Ponto. Mas, se me perguntassem o porquê, eu explicaria exatamente e me sentiria mal e culpada por me deixar levar por primeiras impressões. É feio isso, sabe? Nem conhecer e já ir julgando... Aliás, julgar em si já é um problema e evito, mas sou humana... E  falta de profissionalismo nível advanced me incomoda. Mas isso tudo é feio e, como gosto de coisas bonitas, resolvi deixar minhas primeiras impressões: paguei pra ver. E vi. Vi hoje. E vi que era muito, mas muito pior do que eu tinha imaginado. Muito pior do que as minhas primeiras impressões. O que podemos tirar disso? Bom, eu saio no lucro: minhas primeiras impressões pegaram leve, mas fizeram o seu papel (por que não?) de me deixarem alerta.