7 de jan de 2015

Quando desistir?

Parece meio deprê esse papo de desistir - e isso logo no segundo post do ano! Mas prefiro pensar que saber a hora certa de desistir é uma necessidade humana, necessidade esta que me traz uma certa palavra-chave: "dignidade".

Pode ser uma grande oportunidade profissional, uma antiga amizade ou o sonho de uma vida... Aí você insiste, persiste, teima, dá tudo de si e... Não vai mais. Não vai. Ou nunca foi mesmo. E então vem a dúvida se é o momento certo.

Sinceramente, não costumo ter problemas em saber a hora certa. Já fiz muito estardalhaço nessas de tirar o time de campo, mas nos últimos anos, aprendi a sair com sutileza - e dignidade. 

Quando é coisa pequena, tudo bem: sempre desisto de usar franja, mas sempre volto atrás.

Só que nem sempre a coisa é simples como um corte de cabelo e nem sempre a gente tem a resposta assim pronta.

Nenhum comentário: