10 de dez de 2012

Sessão da Tarde

Voltava para casa não lembro de onde. Comecinho da tarde, só uns cachorros junto ao ponto de ônibus, o motorista bebendo uma cerveja gelada junto ao volante. Antes assim do que tomá-la no café da manhã como costumava fazer, logo cedinho, só para me levar para o trabalho.

Um calor de dezembro que valia por todos os meus vinte e cinco dezembros. Vou me aproximando de casa e vejo longe dois homens sentados na ilha da agora pacata avenida. Todos dormem? Sesta? Menos os dois homens e eu. 

Vestem uniformes e se distraem com alguma coisa. Hora do almoço. Estão sentados de um de frente para o outro e olham para algo entre ambos. O que seria? Meu passo, sempre apressado, mas sem engasgos, curioso. O que seria? Não deve ser filhote,  nem sobremesa, mas o que quer que seja, estão concentradíssimos.

Vou me achegando, chegando olhando engolindo absorvendo...

Sentados sobre a boca de lobo, os dois trabalhadores e o tabuleiro jogam xadrez durante sua hora de almoço.

Nenhum comentário: