13 de fev de 2014

Diário: Pluvibenção


Eu estava subindo as escadas e ela, descendo. Arregalei os olhos quando senti aquele saudoso cheiro de chuva chegando:

- Dona Sônia, vai chover! Graças a Deus!

- Ah minha menina - disse ela daquele jeito tão seu - Já está chovendo! - e riu gostosamente.

Apressei o passo entrei na minha sala correndo larguei as sapatilhas subi numa bancada de mármore coloquei os olhos e nariz na janela...

Chuva

[respira fundo]

Sorri contente: que o meu olhar carinhoso recebesse aquela benção de quinta-feira. E que fosse benção mais frequente.

- Fica, por favor? - pedi com doçura.

Nenhum comentário: