8 de mar de 2013

Religiosamente

Para o Fã de Clube de Esquina

Ela entra rodopiando pela porta da cozinha, sobe rapidamente numa banqueta e apoia os cotovelos no balcão da cozinha:

- Ô tia, o Breno já chegou? - pergunta ela 

- Ainda não, Dorinha, mas ele 'tá pra chegar - sorri a mãe do menino - Você espera?

Inquieta na cadeira, Dorinha olha ansiosa pela janela. Faz bico.

- É que eu tenho uma coisa pra mostrar pra ele... - suspira.

- O que é? - quer saber a mãe.

Dorinha sorri com algum mistério, mas a mãe logo lê: Não conto. Sorri de volta, serve um copo de suco a Dorinha e logo Breno chega da escola.

- Oi Breno! - depois do gole se suco.

- Oi Dorinha! - Breno ofegante, com a mala de carrinho do Ben 10.

- Tenho uma coisa pra você!

- Cadê? - sorriso largo, os dentes de leite.

- Não 'tá aqui comigo. Vem cá - diz, pegando o menino pela mão.

- Onde a gente 'tá indo? - saindo pela porta da cozinha.

- Quintal. Olha lá - ela aponta um vasinho de flores.

Os dois se aproximam.

- Noooooooooooossa! Um louva-a-deus! Eu sempre quis ter um louva-a-deus de estimação!

E Dorinha, muito satisfeita, responde baixinho:

- Eu sei.


Nenhum comentário: