6 de jul de 2011

Diário: Estarei sentindo tudo errado?

Às vezes eu simplesmente não sei o que sentir. Quero dizer que sou surpreendida - no mau sentido da coisa - por uma mistura de sentimentos, dos quais a culpa normalmente faz parte. Não que eu tenha feito nada errado, mas... Posso me sentir como me sinto? Está certo que certos sentimentos venham à tona quando supostamente não deveriam vir? "Supostamente" com base no julgamento de quem?

Pelo menos agora não encaro isso com paixão: consigo raciocinar em vez de explodir. Mas o desconforto permanece e é a única sensação que consigo distinguir...

2 comentários:

Clelia tia disse...

Ah! Intimidade oculta e pertubadora. Culpa? Só nos livramos dela se admitirmos que não somos onipotentes, ou seja, nem tudo que acontece de bom e de ruim é por nossa causa, simplesmente as coisas acontecem.

legof disse...

Não consegui deixar de pensar no Junior do "eu, a patroa e as crianças" no "Supostamente" http://www.youtube.com/watch?v=68RNgqpEF6o