6 de jul de 2010

Diário: Recentemente

Reunir as amigas de faculdade era coisa rara. Nos encontramos na estação Consolação. Algumas ficariam para o almoço, outras não. Mas o fato é que naquele momento estavam todas juntas. Que fazer? Registrar o momento!

Tirei algumas fotos, mas queria uma foto de todas nós - éramos seis. Não ia emprestrar minha câmera para qualquer passante:

- Por que você não pede para o moço da CPTM? - sugeriu uma das garotas - Ele é bem simpático.

Me aproximei dele e pedi que tirasse a foto. Nem me passou pela cabeça o óbvio:

- Olha, inflelizmente eu não posso tirar foto. Vocês até podem, mas eu não.

Agradeci, expliquei as meninas e começamos a conversar. Não se passaram nem cinco minutos e ele:

- Se vocês quiserem, aquele moço ali - ele apontou - é legal e pode tirar a foto de vocês.

Agradecemos, mas ficamos sem a foto do grupo. Nos encantou a simpatia do funcionário.

*******

Pagamos convênio médico para ficarmos 24 horas em jejum, quando tudo deveria ser resolvido rapidamente. 

*******

No hospital, John Malkovich esperava na fila, atrás de mim, o horário de visitas. Ele era mais baixo do que eu pensava e seus cabelos eram cheios e grisalhos. Sempre pensei que ele fosse careca.

*******

Contei a Charlie sobre o meu descontentamento e sobre como o deixei claro ao meu prestador de serviço (que tem se atrasado com frequência):

- Em vez de chegarmos às 9:30, chegamos às 9:33.

Ela riu.

*******

Ontem, eu estava no lugar certa e na hora certa. E me senti muito feliz por ter o tamanho que tenho e por ter podido ajudar alguém que realmente precisava de mim.

Nenhum comentário: