25 de jul de 2013

Síndrome do Lambari

Para o Professor Universitário

Você chama a pessoa para sair e ela não "pode", sempre tem uma boa justificativa. Você pergunta algo mais sério para a pessoa e ela sai à francesa, sempre consegue mudar de assunto ou fica enrolando e não responde sua pergunta. Em suma, você nunca consegue realmente se aproximar dela porque, de um jeitinho ou outro, ela sempre tem uma maneira de simplesmente... fugir!

Essa pessoa, mXX amigX, sofre da Síndrome do Lambari.

Os portadores dessa síndrome são "escorregadios" ou, como diz meu amigo Professor Universitário, são "lisos", ariscos. Claro que cada um vai ter os seus motivos para se comportar assim: falta de vontade ou tempo de sair, falta de interesse em travar diálogos mais sérios e de resolver certas questões (ele canta cantigas de ninar a fim de fazer seus problemas adormecerem, de modo que ele só tenha que resolvê-los daqui a um tempo) etc. 

Mas o que não falta ao portador da Síndrome do Lambari - também conhecida como Síndrome do Porco Ensaboado (tente agarrar um porco ensaboado pra você ver...) - são as explicações e o ânimo para se desfazer dos mais variados tipos de situações e convites.

Ele sempre ganha no futebol de sabão, pois sabe que caminhos percorrer para marcar o gol - ou simplesmente para se misturar a torcida e aí você nunca mais mais vê-lo!

Nenhum comentário: