28 de nov de 2011

Caindo na real (2): Esquece o carimbinho no seu caderno

Tenho visto com muita frequencia pessoas reclamando que não têm seu trabalho reconhecido. Sim, meus docinhos, sei como isso faz bem e como isso é importante, mas... A gente precisa esperar os outros notarem o que fazemos para fazermos as coisas?

Pergunto isso porque tem coisas que faço e as pessoas não reconhecem. Devo parar de fazê-las, seguindo o preceito birrento do agora vão sentir falta? Ah! Se eu for esperar as pessoas notarem e/ou valorizarem o que eu faço, gente, aí eu paro tudo e acabo não fazendo nada! E se todo mundo for pensar assim, o que aconterceria com o mundo?

É uma questão de motivação interna. A minha área, por exemplo, é desvalorizada. Imagina se eu for esperar alguém valorizá-la ou me valorizar para ser uma boa profissional? Vou esperar sentada. Talvez nem sentada na verdade.

Sou muito mais fazer o que tem que ser feito e saber que eu fiz a minha parte. Quanto ao resto, tomara que façam a deles - sem esperar confete ou estrelinha na testa.

2 comentários:

renatocinema disse...

"motivação interna" disse tudo. Bela filosofia.

Anônimo disse...

Esse blog esta cada vez mais chato...