15 de dez de 2011

Duelo

No ar, o cheiro de pólvora. Nos ouvidos, o eco do tiro. Cada um deles segurava um revólver. Observavam agora o pequeno ser, que mal nascera, estebuchando. No ar, pairava a pergunta: quem tinha matado o amor de ambos?

Um comentário:

renatocinema disse...

Caraca.......Nelson Rodrigues com Tarantino esse pequeno texto....amei, pois adoro ambos.

Se descobrir quem matou o amor, me avise.