12 de dez de 2011

Fala que eu te escuto - sem te julgar

Porque ele me disse que se abre assim com pouquíssimas pessoas. Arregalei os olhos. Não é todo dia que ouço isso. Porque ele me disse que não fala sobre sua vida sentimental com qualquer um. Me senti honrada e me lembrei que não era a primeira vez que ouvia aquilo. E não tinha sido dele, mas de outra pessoa.

Bom, eu devo estar fazendo alguma coisa certa, não?

Ele me disse que não se sente julgado nem exposto. Sim, eu sou importante para ele. E a recíproca é verdadeira. E eu fico pensando em como todos os sentimentos são cultiváveis e como as pessoas podem ficar o quanto quisermos, o quanto deixarmos, o quanto sentirmos. Aqueles que valem a pena termos em nossas vidas.

Essas coisas que só a gente sabe e sente...

2 comentários:

renatocinema disse...

Poucas coisas são mais "saborosas" do que sentir a confiança de alguém em você. É mágico, pelo menos eu acho.

Alline disse...

Frau, eu ouvi isso na sexta-feira!! É como você falou: estou no caminho certo.

Beijo e beijo =)