12 de out de 2010

Diário: Praia

Em quatro dias na praia eu virei a noite jogando banco imobiliário duas vezes - e fui a primeira a ir a falência nas duas vezes. Definitivamente não sirvo para o mundo imobiliário e/ou empreendedor. Mas aprendi a jogar escopa! 

Assisti Comer, rezar, amar e achei bonzinho - embora o português do Felipe fosse muito estranho... E, afinal, a Itália serve só para comer? Assisti Shrek, embora não gostasse do filme, porque gostava muito da companhia. Comi cocada branca e amendoim na praia. Exagerei na dose do açúcar porque não mexi o suco direito, mas, ainda assim, acertei na doçura. Tirei fotos com um boneco do Máskara, já que não dava para sair lá fora. Brinquei com o Rick dentro e fora de casa.

Em quatro dias eu repassei uma série de coisas sobre a minha vida, sobre o que eu quero e espero. Longas caminhadas à beira da praia com a Garota de Leeds, uma de minha melhores amigas e excelente companhia:

- É isso ter vinte e poucos anos? O que é que estão achando que nós somos? O que querem de nós?

Quatro dias sem internet, sem secador, sem maquiagem. As mesmas roupas de verão, o mesmo protetor solar, a mesma perda de noção de tempo. Uma delícia. Descobri que não sei mesmo jogar vôlei nem dar estrela. Mas ainda sem desenhar. E tirar fotografias (em breve no Fickr).

Sábado, domingo e segunda de frio e nuvens. Mas pegamos um mormaço maroto no domingo: leve rubor facial - carinha de criança saudável. Hoje, terça-feira, foi o dia se sol mesmo. Enquanto brincava com a areia da praia, cantava baixinho Areia, do Arnaldo Antunes (pensando em tanta gente...):

areia pra deixar cair
no centro da ampulheta
eu vejo enquanto espero
aquilo que mais quero
o meu amor virá
madrugada lenta
as luzes piscam letras
na janela venta
enquanto o carro vai
areia pra passar
areia pra passar
areia como tempo
através do vidro
cai pelo orifício
revirando o ar
atravessando a praia
maior que um saara
até chegar no mar

Um dia lindo! Com direito a mar e areia. E uma cor morena que eu trouxe para São Paulo.

Um comentário:

bia4 disse...

Gente, Máskara é com K! Tô bege! Continue praticando a estrela! Adorei a companhia tb! Bjo!