20 de out de 2010

Ovelhas ofertadas

A: - Eu percebi uma coisa hoje: eu só penso no que eu tenho a oferecer aos outros, não penso sobre o que os outros têm a me oferecer.

B: - Então toma cuidado: isso é via de mão dupla. Ou deveria ser. Deve haver equilíbrio.

A: - Acho que não tenho nada a oferecer para alguém do sexo oposto. Pelo menos é isso o que me diz a minha experiência.

B: - Eu também acho que não tenho.

Grilos.

B: - Nossa, agora tô deprimido.

Um comentário:

Dai disse...

E mesmo quanto um relacionamento termina, muitas vezes, a gente fica pensando no que o outro está pensando, no que o outro está sofrendo, no outro...no outro...

Tem horas que o melhor, é sim, pensar na gente.

bjo