1 de abr de 2011

Histórias exemplares: A mãe do Gordo e do Magro

Era uma vez a mãe do Gordo e do Magro. Os dois irmãos eram muito diferentes, tanto por dentro quanto por fora. E se entendiam muito bem. Mas a mãe de ambos não entendia a situação e não os entendia. Achava que o Gordo era mais gordo do que realmente era e que o Magro era mais magro do que de fato era. 

Assim, a mãe do Gordo e do Magro infernizava a vida dos filhos. Com a melhor das intenções, cortava as refeições do Gordo, não o deixava comer doces nem beber refrigerante e só ao alface o acesso era irrestrito. Já o Magro era forçado a repetir o prato de feijoada e a comer sobremesa, mesmo quando no estômago não parecia caber mais nada.

O que ela não entendia é que o Gordo era feliz sendo gordo e o Magro era feliz sendo Magro e era da natureza de ambos ser como eram. E que não havia simplesmente nada de errado com nenhum dos dois. Mas aquele era o modo que ela tinha de se importar, de amar seus meninos.

Nenhum comentário: