6 de abr de 2011

A Trilha sonora da nossa vida: Faxina!

Para Dai

Ah a faxina! Este momento mágico no qual Veja não é revista, candida não é nome e você lembra de todos os super acessórios da Polishop - além das propagandas fracas de desinfetantes (eu particularmente acho que algumas marcas de sabão em pó têm efeito alucinógeno, afinal, quando é que verei pequenos duentes verdes, fadinhas ou o Daniel cantando para mim?)

Adoro faxina, mas não é todo dia que estou com pique. Com vontade ou não, é uma coisa que temos que fazer - ou a Lógica Cockroachiana pode imperar, na "melhor" das hipóteses. E já dizia o sábio ditado popular: "Melhor duas baratas mortas do que uma voando". Problema também se o lado Clariciano vem à tona junto com a fome e o injustiçado inseto passa à categoria de apetitoso petisco.

Então a faxina é necessidade, obrigação. O fato é que precisa ser feita. E por que não com trilha sonora? Acredito piamente que todo mundo tem o direito a ter uma trilha sonora para  cada momento de sua vida.  Por isso começo essa nova série de posts. Meu querido Arnaldo tem uma música exatamente sobre isso: Música para ouvir.

Música para compor o ambiente
Música para escovar o dente
Música para fazer chover
Música para ninar nenê
Música para tocar novela
Música de passarela
Música para vestir veludo
Música pra surdo-mudo

Sendo assim, matutei gravemente sobre a trilha sonora perfeita para fazer faxina - item este que não consta na letra do ex-Titã. Então eu, no meu papel de reles mortal, me arrisco aqui.

Para faxina, tem que ser algo agitado. Chet Baker não funciona, meus músicos preferidos de folk também não. Jazz sem chance. MPB esquece! É tão óbvio que dói, embora algumas do Chico Buarque sejam deveras efetivas. Minha sugestão é rock. Funcionam bem para mim: David Bowie, Slade e rock nacional da década de 80. Mas, é claro, tenho três álbuns tradicionais e efeitivos na luta contra os germes!

E lá vão as sugestões de três discos que valem a pena ser ouvidos do começo ao fim na hora da faxina:

1) Los Hermanos com "Los Hermanos" (1999):  Foi com esse álbum que descobri como a música pode ser de grande ajuda na hora da faxina. Na verdade, o disco talvez pudesse ser classificado na categoria "fossa", mas as músicas são tão animadinhas que eu, pelo menos, não conseguiria ouvi-las como tal. Acho, aliás, as letras desse álbum bastante divertidas, não por sadismo (oh my!), mas pelo exagero das situações e sentimentos. As melodias valem pela deliciosa mistura entre rock, samba e ska. Bem agitado e gostoso de ouvir. Mas tem que ser esse disco dos Los Hermanos para fazer faxina! Esqueçam os posteriores de influência mais de MPB! Destaques para "Tenha Dó", "Vai embora" e "Descoberta".

2) Os Paralamas do Sucesso com "Vamos batê lata" (1995): Uma mistura sensacional de rock, ska e música regional. Luís Gonzaga, Fito Paez, Carlos Santana, Tim Maia, Jackson do Pandeiro e Alceu Valença figuram em citações ou em participações especiais. É um disco dançante, não no sentido literal da coisa, porque acho que não se dança Paralamas, né? É revigorante: dá para você chegar morto depois de um dia de trabalho e dar aquela super lavada no banheiro ao ouvir "Alagados" (trocadilho esperto com água e alagados ¬¬) ou ainda varrer a casa com esmero alucinado ao som de "Vamos batê lata". Destaques para "Dos Margaritas", "Alagados" e "Vamos batê lata".

3) The Beatles com "1" (2000): Quem é realeza nunca perde a majestade - mesmo na hora da limpeza. Posso dizer que por serem as músicas que chegaram ao primeiro lugar nos EUA e na Inglaterra de 1962 à 1970 são músicas comerciais. Entretanto, isso não tira o seu valor, de modo algum. Comercial não é sinal de má-qualidade. As melodias são marcantes e contagiantes, são aquelas com as quais cresci, ouvindo em casa ou por aí. Coisa de gênio. A maioria das músicas é mais agitada mesmo, mas mesmo as baladas românticas (suspiro para "Something") funcionam para você retomar o fôlego entre uma esfregadela no tapete e uma esguichada no quintal. Destaque para "She loves you", "A hard day's night"  e "Penny Lane".
Ficam as sugestões. Alguém tem mais alguma?

2 comentários:

MN disse...

que post divertido! adorei!

Dai disse...

Perae..anotando...nny Lane... pronto!

Vou testar na próxima, que deveria ser hoje, e ver se me animo. O site vagalume tem alguns playlists nesses sentido: músicas de preguiça e etc., falta a da faxina.

Mas eu tenho que confessar, perco muito mais tempo colocando música pra tocar que limpando mesmo. Ultimamente tenho ouvido Los Porongas.

Vamos anotando, quem sabe se a profissão falhar, a gente faxina!

beijo!