24 de out de 2011

Por água abaixo

Bibi olhou para o pai:

- Ô paaaaai! Por que o meu peixinho está de barriga pra cima?

O pai olhou desconcertado para o peixe beta, depois para Bibi, depois para o peixe beta de novo - a grande sensação do momento, presente de aniversário de seis anos de Bibi.

- Hum. Não sei não... Pergunta para sua mãe.

- Ô manhê! - gritou Bibi ao sair correndo para a mãe.

Quando ele chegou e perguntou, ela fez cara de ai ai ai: lá vinha uma das verdades universais sobre a vida. O marido, um frouxo. E ela tinha que contar. Contou.

Bibi se despede do peixe beta cor de cenoura: seu mergulho final no vaso sanitário se fez inesquecível.

P.S. Feliz Aniversário, Charlie!

2 comentários:

renatocinema disse...

Marido frouxo?

É por que esse marido não veio do sertão brasileiro. kkk

Alline disse...

Não sei se todos, mas muitos homens têm isso: o medo de machucar é tanto que se esquivam. Eu entendo, mas isso me irrita...

Beeeeeeijo, Frau!
Olha eu aqui de novo. =)