23 de jan de 2012

Phrasal verbs a serviço de matutações existenciais

(latim definitivus, -a, -um)

1. Que define.
2. Decisivo.
3. Irrevogável.
4. Que põe termo.
5. Final; último.
6. Que substitui de vez o que só era preliminar ou provisório.



O belo dicionário de phrasal verbs ostenta em sua capa laranja: O LIVRO DEFINITIVO. Todavia, nele não encontro nem metade do que procuro. Quando o comprei, eu acreditei na mensagem, porque a gente é meio bobo quando é mais novo. 

Na faculdade, aprendi que não existe aprendizado de idiomas definitivo, nem livros definitivos... Nem nada definitivo. Talvez essa tenha sido uma das grandes revelações dos últimos anos. E toda vez que eu acho que alguma coisa é definitva, alguma coisa acontece

Acho que algumas pessoas supervalorizam tudo aquilo o que parece perene num mundo onde as coisas, os laços, a vida batucam perecíveis, quase descartáveis. Vai ver que é por isso que se tem cada vez menos lugar para colocar o lixo em São Paulo: estamos jogando fora as coisas erradas, mandando embora as pessoas erradas, nos desfazendo das crenças erradas... Errados no sentido de "meu, eu não devia ter me desfeito!"

Se nem o dicionário de phrasal verbs é definitivo, o que dirá as outras coisas?

Mas...
E se houver coisas que, com a manutenção correta, se tornem definitivas? Mas será que seriam as mesmas coisas, já que sofreram alguma transformação? Isso faz sentido?

Talvez o grande truque seja não impor que as coisas sejam definitivas, não rotulá-las deste modo. Assim, mantém-se a mente aberta para o novo, para o que virá, para a vida, sem fechar portas, janelas e afins. 

Mas...

Se calhar de uma coisa se mostrar perene... Bom, acho que não faz mal, né?

Será que eu posso concluir que não cheguei a uma conclusão definitiva sobre as coisas definitivas? Bom, se não puder, pelo menos sou coerente. Acho. Eu não sei de nada da vida - e essa não é uma declaração desesperada.

2 comentários:

Marcelo disse...

Eu não sei de nada da vida - e essa não é uma declaração desesperada.
Te entendo perfeitamente

£ädÿ disse...

desacredito no definitivo. definitivamente o definitivo não existe. ou será incoerência da minha parte?
acho melhor eu voltar pros phrasal verbs. são mais fáceis que a vida.