7 de fev de 2012

O que aprendi com "Uma cilada para Roger Rabbit"

I
Aluna: - Tia, você já assistiu "Uma cilada para Roger Rabbit?!"
Eu: - Claro! Adoro esse filme!
Aluna: - É muito legal mesmo, tia!
Eu: - É sim, mas eu morria de medo do caldo.
Alguns segundos.
Ela: - Mas tia, o caldo só era perigoso se você fosse um desenho!
Eu: - Eu sei, mas mesmo assim eu tinha medo.
 II
Aluna: - Tem uma coisa que eu não entendo no filme, tia.
Eu: - O quê?
Aluna: - A esposa do coelho. Por que ela casou com ele? Ela disse que ele fazia ela dar risada.
Eu: - É isso mesmo: o que a esposa do coelho mais gostava nele é que ele era divertido, engraçado. Isso fazia dele alguém especial.
Aluna: - Ah agora entendi.


(Pois é, pensando cá comigo)

3 comentários:

renatocinema disse...

Ainda acho, J R, que você encontrará seu príncipe encantado e ele se chamará R R. kk

£ädÿ disse...

sempre tive medo do caldo. mas acho que é porque eu sempre me achei meio com cara de desenho animado.

Cayo Candido disse...

As crianças perguntam, a gente responde!