26 de fev de 2011

blá blá blá gosto de você blá blá blá

Hoje um amigo muito querido me pediu um conselheiro amoroso. Caso complicado. Em nome da amizade, engoli o meu pragmatismo  ácido-racional e minha dose de realidade-navalha:

- Você gosta dela? Então dê um tempo, vá tocando e veja no que vai dar.

O que nós não fazemos em nome da amizade? Não gosto de estragar a alegria alheia e ele estava tão, mas tão contente...
 
Ouvindo  Under cover of darkness (The Strokes)

Um comentário:

Santa Key disse...

Tadinho do seu amigo... deixe-o viver a beleza do amor... :p