4 de fev de 2011

Three Questions [1]

1) De que adianta alguém ser sensível com coisas, se não sabe ser sensível com pessoas?

2) Desde quando experiência é medida por números?

3) Por que as pessoas opõe razão e emoção quando a combinação das duas é que garante o nosso sucesso?


Ouvindo It's only a paper moon (Ella Fitzgerald)

3 comentários:

Anônimo disse...

Boas questões, não sei se teria respostas ou se as minhas seriam convincentes. A terceira pergunta devo confessar que destelhou minha casa e creio que de muitas vizinhanças, nunca pensei desta forma.

G.

Vinícius Cássio disse...

"1) De que adianta alguém ser sensível com coisas, se não sabe ser sensível com pessoas?"
Embora deplorável, é melhor do que alguém insensível com pessoas E com coisas.

"2) Desde quando experiência é medida por números?
Acho que desde sempre. Todo tipo de medição é numérica.

"3) Por que as pessoas opõe razão e emoção quando a combinação das duas é que garante o nosso sucesso?"
Porque na grande maioria das vezes elas são inversamente proporcionais. São raros aqueles que sabem combiná-las - ou, melhor ainda, variá-las de acordo com cada situação.

Ana B. disse...

É tão difícil combinar razão e emoção, eu nunca consigo!
Tô aí, na luta, tentando melhorar... mas não é fácil!