4 de jun de 2012

E eu lá vou saber? [2]



- Mas é isso mesmo: observação, tentativa e erro - me disse uma amiga muito querida.

Faculdade nenhuma ou leitura nenhuma nos prepara para nossa função, para o mundo real. Cabe a nós a paciência, o esforço e a dedicação que a experiência - essa danada - vem com o tempo.

Mas claro: é sempre bom saber estou sabendo dançar, mesmo sem saber direito os passos.

(e eu, no meio de fogo cruzado, me sinto muito da valente)

Um comentário:

renatocinema disse...

Eu, na minha covardia, não ouso dançar.