30 de jun de 2012

Garçom!

Para o Trufo

A: - Garçom, por favor.

B: - Sim?

A: - Isso aqui está muito morno. Olha, está quase frio...

B: - É assim mesmo.

A: - Mas me disseram que era outra coisa. Que era um prato diferente.

Silêncio.

A: - E cadê a intensidade? No menu fala que nesse prato vai uma boa porção de intensidade, mas eu não senti absolutamente nada.

B: - É que é muito sutil: tem que prestar atenção.

A: - Mas eu prestei atenção e não senti nada.

B: - Hum. Deve ser porque está morno.

A: - Em outros tempos, eu reclamaria com o chefe. Hoje, não.

Ela se levantou e saiu do restaurante.


Nenhum comentário: