26 de ago de 2010

Da leveza

A leveza do vestido de verão, da nuca à mostra, do perfume cítrico, do meio sorriso, dos joelhos nus.  Parece verão é tão deliciosamente bom... Esta paz cá dentro a me fazer gostosas cócegas.

Nenhum comentário: