28 de ago de 2010

Diário: Pop rock internacional

Fui pegar um cineminha hoje. Estava querendo ver o filme há uma semana e por conta de uma mudança de planos não tinha conseguido. Cheguei com bastante antecedência e qual não foi a minha surpresa quando a atendente me informou:

- É o último lugar. Pode ser o F8?

Bom, pelo jeito era o meu dia de sorte. Escolhi o tal lugar e fui dar uma volta na Livraria Cultura. Ainda era cedo. Despretenciosamente, olho vinis e boxes de séries. Logo me deparo com uma seção de filmes cult. Alguns nomes eram bem familiares. De outros, eu nunca tinha ouvido falar.

Depois de fazer uma lista mental do que assistir, sigo para a seção intitulada:

POP ROCK INTERNACIONAL

Radiohead, Smiths, R.E.M, Siouxsie & the Banshees.... Todos convivendo harmonicamente. Claro que o nome da seção já tinha me feito torcer o nariz: gosto de pop e de rock, mas jogar tudo no mesmo caldeirão não rola. Okay, não gosto muito de pop, mas tento manter os ouvidos abertos. E claro que não foi a Livraria Cultura que instituiu que pop e rock andam juntos... Isso sem contar do quão comercial se tornou o rock - mas isso são outros quinhentos...

E claro que nessas, Vanessa Hudgens acabou lado a lado com U2.

(nada contra V. Hudges)

Nota: Para aqueles que assistirem Meu malvado favorito, há uma referência de um dos grandes clássicos do cinema - claro que só os adultos vão entender.

Ouvindo Lost (Morrissey)

Um comentário:

Flávia Amaral disse...

vc foi sozinha? pq não me chamoooooooooou???