11 de ago de 2010

Declaração

Estavam ao telefone, falando sobre filmes e música, como de costume. De repente, ele disse:

- Eu te amo.

Ela não estava esperando por aquilo: era a primeira vez que ouvia aquilo dele. Sem saber o que dizer, respondeu:

- Eu te amo também.

Entretanto, disse sem sentir. Foi mais por reflexo do que por sentimento.

Mais tarde, descobriu que ele também não sentia, embora ele mesmo não soubesse a princípio.

Um comentário:

Anônimo disse...

:)
>sara