15 de mar de 2011

A velha e as velas

Para aqueles que fazem parte da minha vida

(o nome desse post ficou parecendo nome de fábula ou é impressão minha?)

Hoje assopro mais uma velinha, mas não me senti mais velha. Bem pelo contrário: me sinto mais viva, dinâmica e ativa. Trabalhei de manhã, de tarde e de noite. Envelheço na cidade, como bem citou a Nanda. Me disseram que eu deveria ter tirado o dia de folga:

- É seu aniversário!

Mas sou desobediente e fui trabalhar. Nada melhor do que ser (e se sentir) útil. Trabalhei com a paixão costumeira, mas decidida a não deixar que nada me perturbasse - e assim foi feito, naturalmente, porque assim decidi. O jogo de cintura tem vindo com a idade ou com a experiência? Um dia perfeito dentro das suas inúmeras possibilidades. Almocei muito bem acompanhada num ótimo restaurante, rápido passeio com direito a sorvete de açaí. Oba!

E os planos de comemoração nos três núcleos(-base) da minha existência - o familiar, o fraternal e o pedagógico? A despeito de algumas mudanças, serão gloriosos dentro de sua simplicidade. Da minha simplicidade, como têm sido esses vinte e poucos anos. Gloriosos como puderam ser. A maneira deles, a minha maneira.

Fui surpreendida pelas mais doces mensagens e mais doces doces. Engraçado como a felicidade está nos pequenos carinhos, lembretes, bilhetes e em caixinhas de bis sabor limão. Obrigada pelos e-mails, ligações, SMSs, abraços (!!!)... Tudo mesmo!

Hoje, depois do dia perfeito, e de estar com muitas pessoas de quem gosto (e de perceber que verei muito em breve outras igualmente amadas), senti com a simplicidade que me compete que estou no caminho certo.

E faço meus alguns versos de Alberto Caeiro que sempre me acompanham:

"Hoje sei a verdade e sou feliz"

5 comentários:

Vinícius Cássio disse...

Olá, moça!

Esperei um post de aniversário para lhe desejar as felicitações de aniversário, pois sabia que você escreveria!

Parabéns por mais um ano de vida e pelos talentos que você tem cultivado e aperfeiçoado!

Tudo de bom, sempre!

Dai disse...

Ouxe, o seu ainda eu não sabia!


=**

Elaine disse...

Oi Frau, que bom que o seu dia foi perfeito. De fato a felicidade está nos detalhes que dentro de nós são, por assim dizer, enormes!
Paz pra vc e muito outros dias perfeitos!
Abraço.

Ivan disse...

Parabéns, Frau!!!

Ivan
Reino Lúdico
&
amordepapelão

Anônimo disse...

Viver, trabalhar feliz, fazer aniversários... nada disso envelhece!

Parabéns, paraglider, parafina, paramore, parintins, particípio, gerúndio, nós vamos estar te amando.


Gabrz nonsense.