20 de jan de 2011

Não me engana: sou esperta!

Dez "mentiras" do nosso dia-a-dia:

1) Shampoo 2 em 1: ele simplesmente não existe e ingênuos os que acreditam em sua eficácia. O próprio nome já diz "shampoo".

2) "Se sujar faz bem" (do sabão em pó Omo):  quero ver a mãe que concorde com essa afirmação - a minha, pelo menos nunca desmonstrou qualquer simpatia pela simpática campanha publicitária.

3) Quem sai na chuva é pra se molhar: Não, quem sai na chuva, sai porque precisa, seja para trabalhar, estudar, ir ao médico ou para qualquer outro compromisso inadiável - principalmente em São Paulo no verão. E se chove, é bem possível que tenhamos sim que adiar ou correr o risco de chegar atrasados.

4) Gasolina aditivada: aditivada sim, com solvente!

5) Bom-mocismo: Uma prova definitiva de que somos bobos e nos deixamos levar pelas aparências. Me deparei com três pessoas que ostentavam bom-mocismo e, no fim, se revelaram grandes farsas. Fica fácil usar o bom mocismo como máscara e a fala mansa como sinônimo de mansuetude - e são coisas completamente distintas. Já vi muita gente se humilhada por pessoas que falavam mansamente.

6) Numeração de roupa: porque elas têm numeração e podem ser classificadas em P, M, G ou GG se isso não é padronizado? Dar roupas de presente virou uma tarefa ridícula! Mesmo para comprar roupa para mim eu levo tempo, e olha que minha numeração é padrão.

7) Leite desnatado: só tomo leite desnatado e vira e mexe me deparo com nata boiando na minha caneca. Quem mexeu no meu leite? De onde veio a bendita nata?

8) Aparência não importa: pura hipocrisia. Não digo que é o mais importante, pois não acredito que seja, mas é importante sim. A gente é julgado pela aparência e julga pela aparência sim senhor - quero ver o primeiro palhaço que me disser o contrário. O melhor exemplo disso é a entrevista de emprego, na qual nossa a aparência tende a idealizar o funcionário perfeito, ou aquilo o que acreditamos que seja um.

9) Sabonete hidratante: experimenta lavar o rosto com ele - depois de secá-lo vai sentir a pele se esticar e esticar, não sobra uma ruga e não estou falando de hidratação.

10) Queijo minas não engorda: engorda sim! A gente precisa entender que nada em excesso faz bem! Nem mesmo água, pois se você beber muita, mas muita, mas muita água mesmo, diz adeus a todos os sais minerais que vão embora com a urina e você morre! Morreu afogado? Não, bebeu água demais.

Observação: o último tópico é o único com bases científicas, o resto é farra, naturalmente.

2 comentários:

Dai disse...

Concordo com você em tudo, o leite desnatado deveria chamar leite diluído - seria mais honesto.

Quanto a aparêcia, têm até artigos semióticos que analisam isso, de uma forma ou de outra, acabamos sendo signos também. A única diferença é que não somos tão arbitrários assim, cada pessoa vai nos interpretar de forma diferente.

beijo!

Gabriel H Pantoja disse...

O slogan da Omo é curioso: já escutei que criança superprotegida tende a ficar mais doente: nào brinca na terra, areia, não anda descalça... Nào desenvolve anticorpos no organismo. Daí vem o "se sujar faz bem". Nào sei se há alguma evidência científica que comprove esse conhecimento popular, mas sei lá, eu gosto do conceito da Omo, mesmo usando Brilhante lá em casa.