17 de jan de 2011

O burrinho Jambo

Era uma vez uma menina de laço azul e ela tinha um burrinho chamado Jambo. Jambo era um burrinho simpático, tranquilo e carinhoso e acompanhava a menina por toda a parte. Ela o poupava ao máximo, não queria que ele se sobrecarregasse. Todavia, era um pouco desastrada.

Por isso, por vezes, a menina de laço azul amarrava o burrinho Jambo em lugares perigosos e suspeitos. Tudo por inocência e ignorância. Com freqüencia, ela tinha que sair correndo para salvar o burrinho de alguma enrascada:

- Olha onde fui amarrar o meu burrinho! - ela dizia chateada.

Jambo, entretanto, sempre se manteve fiel e sabia que um dia a sua querida dona aprenderia a lição. Como um dia aprendeu. E passou a amarrar Jambo em lugares seguros e tranquilos, de modo que ele nunca mais correu perigo.

3 comentários:

Vinícius Cássio disse...

que bonito! =) =) =)

fazia tempo que não escrevia assim, suavemente!

Gabriel H Pantoja disse...

Te digo que tem lugares que nem de laço precisa =) porém, não pode-se ignorar as normas de segurança.

Cayo Candido disse...

Mas dai a vida dele perdeu a emoção!